sábado, 18 de fevereiro de 2017

Guamaré: Prefeitura contrata empresa para locação de mão de obra por 40 milhões por 120 dias.

Fonte:guamarenews.

Irineu Cândido – Guamaré ‘torrando’ dinheiro: O prefeito de Guamaré contratou empresa para locação de mão de obra com vigência de 120 dias por R$ 40 milhões de reais. Enquanto os prefeitos norte-rio-grandenses reclamam que as receitas não cobrem despesas mensais, Guamaré esnoba e posiciona-se na contra-mão do aperto financeiro,  o prefeito de Guamaré contratou a empresa JMT, e pretende gastar em 120 dias o que muitas prefeituras do RN gastariam em 2 anos.

Assustador – Chamamos atenção do MP na publicação no DO do município de Guamaré, quando o prefeito Helio Willamy assina contrato com a empresa JMT para locação de mão de obra, com o valor de R$ 40 milhões de reais, com utilização dos serviços por 120 dias.

Números do absurdo – Os R$ 40 milhões que o município de Guamaré gastará em 120 dias, daria para; Viabilizar 06 (seis) estádios do tipo Maria Lamas Farache (ABC), construído em módulos, quatro ao todo, foi inaugurado com apenas dois deles concluídos, exatamente os dois maiores, o módulo I, que abriga o setor de cadeiras, camarotes, cabines de imprensa, praça de alimentação e loja de produtos do clube, contando ainda com dois elevadores, e o módulo II, que também conta uma área com bares e lanchonetes, atende 18 mil torcedores, valor R$,6.6 milhões.
Pagaria 01 ano das receitas de municípios como Jandaíra, Caiçara do Norte, Galinhos, Ipanguaçu, Pendências, Porto do Mangue, São Bento do Norte, São Rafael, Pedro Avelino e muitas outros . Pagaria também 02 anos de receitas de 20 municípios norte-rio-grandenses, onde a população não ultrapassa 4 mil habitantes; Compraria 133 carros Fiat Palio Fire 2 portas, por R$ 29.160 – Motor 4 cilindros – 1.0 – 75/73 cavalos.

O valor de R$ 40 milhões é suficiente para comprar 100 imóveis no valor de 400 mil reais cada. Os números surpreendem quando colocamos a população de Guamaré como referência, a cidade possui aproximadamente 14 mil habitantes, se dividimos o valor de R$ 40 milhões por 14, teremos o valor que caberia a cada cidadão nesses 120 dias: R$ 2.857,14( Dois mil oitocentos e cinquenta e sete reais e quatorze centavos).

R$ 40 milhões – Trazendo para realidade imobiliária da região, o valor que o prefeito de Guamaré gastará com a JMT em 120 dias, compraria 500 casas do projeto minha casa minha vida com três quartos, 1 suite, duas salas, cozinha, área de serviço, garagem e amplo espaço para lazer.
Fernando Soares – O município de Guamaré sofreu inspeção do Tribunal de Contas e ficou constatado que existia mais de 1.500 contratados de forma irregular e o município foi obrigado a encerrar os referidos contratos a realizar concurso publico, de acordo com a constituição federal. Ora a contratação sem concurso tem sido uma forma dos prefeitos municipais a fazerem politicagem com este seguimento. Como cada prefeito tem sido obrigado a realização de concurso publico, certamente ninguém tem interesse, daí recorrer a terceirização de mão de obra. Que onera de forma alarmante os cofres do município. Neste caso o município de Guamaré esta aderindo a uma ata de registro de preço realizada pelo município de Natal, no valor de quase R$ 40.000.000,00 (quarenta milhões de reais), que dividindo este valor pelo numero de meses representa um montante de aproximadamente 3.000.000,00 (três milhões de reais) mês. Textos: Irineu Cândido, Fernando Soares – Fotos – Acervo – internet.

        Blog São Tomé na Mídia.
                Lhe informando melhor.



EmoticonEmoticon

Arquivo do blog